domingo, 12 de janeiro de 2014

A vida secreta de Walter Mitty (The Secret Life of Walter Mitty)


Fala pessoal, depois de muito tempo aqui estou eu novamente, e espero que dessa vez eu consiga estar sempre postando coisas novas, nem que seja apenas uma vez por semana.
E hoje vai minha opinião sobre o filme "A vida secreta de Walter Mitty".
Quando vi o trailer pela primeira vez, eu senti que precisava muito ver o filme, e quando finalmente eu o fiz........bom......eu achei o filme simplesmente incrível!
Tive claro o primeiro impacto, com o fato de que o filme tem um ritmo um pouco mais lento do que o trailer, mas nada que deixa o filme menos interessante.
Tive uma surpresa  maravilhosa, Ben Stiller simplesmente mandou muito bem nesse filme, com a estória executada de forma redondinha (sim eu sei que é refilmagem do filme 8 Vidas de 1947, agora para de mimimi), os cenários são lindos, e a trilha sonora é muito boa.
Bom então vamos a estória: Conhecemos o senhor Walter, um rapaz que trabalha à 16 anos como supervisor de negativos da revista Life.
Ele possui uma conta não muito badalada no eHarmony, na qual ele só tem para tentar chamar a atenção de uma mulher do trabalho, mas que anda com uns problemas de perfil, afinal os campos de lugares que já conheceu e coisas que já fez não estão preenchidos afinal ele nunca fez e nem foi a lugar algum de interessante.
E assim como nos ele sonha muito acordado, com uma pequena diferença, quando ele faz isso, ele literalmente sai do ar, perdendo noção do lugar, das pessoas em volta e do tempo, isso foi uma das coisas que eu achei mais legal
A Life está na transição de revista física para apenas eletrônica, e com isso muitas pessoas serão demitidas.
Com isso ele deve preparar a foto para o última capa da revista, eis então que surge um pequeno imprevisto o rolo de fotos enviada por Shon, um dos mais renomeados fotógrafos mandou vem faltando a foto de Nº25, que seria exatamente a foto da capa.
Depois de 16 anos na empresa, essa é a primeira vez que Walter não consegue achar a foto, o que faz com que ele vá atrás de Shon para encontrar essa foto ou descobrir o que ela é.
A partir daí vemos as transformações na vida do personagem, vemos as revelações sobre a vida surgindo bem como questionamentos que começamos a nos fazer.
Algumas verdades sobre nos mesmos, aquelas que não gostamos de admitir, e como 20 segundos de loucura podem mudar para sempre nossa vida para melhor, a não sermos sempre acomodados, achando que temos tudo que precisamos, mas também não ficarmos reclamando de tudo.
E que tudo tem um lugar neste mundo, que quando as coisas são para acontecer elas acontecem independente de nos, fala sobre a nossa quinta essência, sobre como o caminho e mais legal, empolgante e as vezes importante do que apenas o final.
Esse pra mim foi um dos melhores filmes de 2013, e se não foram ver eu recomendo muito, e espero que saim cheios questionamento e novos pensamentos sobre a vida assim como eu.
Espero que tenham gostado, dúvidas, críticas, sugestões, elogios e xingamentos deixem nos comentários.
E não esqueçam de compartilhar com os amiguinhos, mão, avó, filho, filha, tio do pavê, papagaio, cachorro, hamster.

1 comentários:

Cilmara S Lopes disse...

Boa abordagem do filme!

Postar um comentário